INESP Formação Profissional Hotelaria e Turismo, Consultoria Hoteleira

Quem somos | Testemunhos | Projetos | Artigos | Contratação Púb. | Contactos

Contrato Parceria

O contrato Parceria INESP tem orçamentação 20 a 25% abaixo do nosso valor de referência

 

O acesso a este contrato é garantido a clientes que contratam um volume de formação anual:

 

  • Igual ou superior a nº de colaboradores x 2 para empresas com mais de 60 colaboradores.

 

  • Igual ou superior a nº de colaboradores x 2,5 para empresas com menos de 60 colaboradores.

 

 

Ajudamos a cumprir o código do trabalho, com investimento reduzido, formação à medida e com impacto no desempenho das suas equipas.

 

Queremos facilitar a possibilidade de projectos de formação completos e integrados, "recompensando" os nossos parceiros que apostam num volume de formação importante. Esta orçamentação é hiper-competitiva, especialmente quando comparada com a sua qualidade e eficácia.

 

A formula nº de colaboradores x 2, dividida em diversas acções de formação de 10 a 14 formandos permite cumprir a obrigação legal das 35h de formação anuais na sua totalidade.

 

O Contrato Parceria comtempla facilidades de pagamento em 3, 4, 6 ou 8 mensalidades facilitando a gestão de fluxos de tesouraria.

 

 

Código do trabalho - Formação

Resumo de principais implicações do código do trabalho, relativas a formação profissional.

 

  • O trabalhador tem direito, em cada ano, a um número mínimo de trinta e cinco horas de formação contínua ou, sendo contratado a termo por período igual ou superior a três meses, um número mínimo de horas proporcional à duração do contrato nesse ano.

 

  • O empregador deve assegurar, em cada ano, formação contínua a pelo menos 10 % dos trabalhadores da empresa. 

 

  • Pode antecipar, ou adiar por dois a formação dos restantes 90% trabalhadores, desde que previsto nos planos de formação. (cinco anos no caso de frequência de processo de RVCC, ou de formação que confira dupla certificação). Estes dois ponto não alteram o facto de em média, o trabalhador ter direito a 35h de formação anuais.

 

  • A formação tem de ser certificada e pode ser realizada directamente pelo empregador ou através de entidade formadora acreditada. Caso a entidade o deseje fazer, alguns dos requisitos são: Formador tem de ter CAP; Registo em dossier pedagógico de objectivos, sumários e presenças; Emissão de certificado de frequência de formação cumprindo requisitos legais

 

  • Organizar a formação na empresa, estruturando planos de formação anuais ou plurianuais e, relativamente a estes, assegurar o direito a informação e consulta dos trabalhadores e dos seus representantes.

 

  • Cessando o contrato de trabalho, o trabalhador tem direito a receber a retribuição correspondente ao crédito de horas para formação que não lhe tenha sido proporcionado.

 

  • As horas de formação previstas que não sejam asseguradas pelo empregador até ao termo dos dois anos posteriores ao seu vencimento, transformam -se em crédito de horas em igual número para formação por iniciativa do trabalhador.

 

  • O trabalhador pode utilizar o crédito de horas para a frequência de acções de formação, mediante comunicação ao empregador com a antecedência mínima de 10 dias.

 

A informação fornecida não dispensa a consulta do decreto lei que regulamenta a formação. A mesma foi compilada de varias fontes, entre as quais notas de clarificação da ACT, pelo que nem toda a informação está no decreto lei citado.

 

 

 

Consultoria Hoteleira e Turismo

cliente misterio Cliente mistério

Eficácia na formação Maximização de impacto

formação profissional e cursos hotelaria Formação avançada por módulos

consultoria em hoteleira e planos de gestão Consultoria e planificação de operações

formação hoteleira Formação à medida

diagnóstico organizacional e empresarial Diagnóstico dinâmico

soft opening Pré-abertura e soft-opening

outsourcing Outsourcing departamento de formação

departamento de formação hoteleira Departamento de formação

comunicação, cultura e ambiente empresarial Indução corporativa

Recrutamento e selecção Recrutamento e seleção

avaliação desempenho Sistemas de avaliação de desempenho

Escritórios Lisboa

Rua Major Caldas Xavier, 45 - 2ª Dto.

2675 - 313 Odivelas

Telefone: 219 348 443  

E-mail: inesp@inesp.pt

Delegação de Albufeira

Quinta da Bolota, Lote 4ª

Vale de Santa Maria - Albufeira

Telefone: 289 580 530  

E-mail: gabrielapacheco@inesp.pt

 

Delegação do Funchal

Avenida do Infante 6

9000-015 Funchal

Telefone: 291 201 770  

E-mail: inesp@inesp.pt


Formação | Consultoria | Seleção | Outsourcing


Copyright © 2016 INESP - Hotelaria e Turismo